Se você nunca ouviu falar da Praia do Farol ou de Arraial do Cabo, não sabe o que está perdendo! Localizada a pouco mais de 2 horas da capital carioca, essa praia é um paraíso perdido daqueles difíceis de se encontrar hoje em dia. Não é à toa que a praia se encontra sob proteção permanente da Marinha Brasileira e conta com lotação e tempo de visitação máximos. Nessa praia, além do limite de 250 visitantes simultâneos, cada pessoa pode permanecer por um período máximo de apenas 45 minutos, você acredita?! Mesmo assim, vale muito a pena conhecer esse paraíso, até porque você pode optar por ir também a outras praias e lugares no mesmo passeio. Venha explorar conosco os encantos dessa praia que parece ter saído de um filme de fantasia de tão maravilhosa!

Por que conhecer a Praia do Farol?

Garantimos a você que os motivos são muitos! Para te conquistar logo de cara, vamos apelar para argumentos científicos: Por 3 anos consecutivos, a Praia do Farol foi considerada pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) a mais perfeita do Brasil. Isso considerando a transparência da água, a qualidade da areia e a limpeza no geral.

Bem, se você é daqueles que duvida da ciência, ou “só acredita vendo”, vai comprovar isso logo de cara quando se deparar com a cor da água dessa praia. Um azul turquesa de deixar o Caribe com inveja!

Não só de água é feita a praia. E não é só o mar da Praia do Farol que é maravilhoso: As esculturas naturais formadas pelas pedras do entorno, a mata atlântica nativa que permeia todo o local, a rica biodiversidade marinha devido ao fenômeno de ressurgência das águas, e até mesmo a riqueza histórica dessa praia fazem dela uma parada turística mais do que obrigatória.

E isso não é tudo…a Praia do Farol na verdade é a Ilha do Farol. Sim! A Praia é tão somente um pequeno pedaço da Ilha, o único em terra firme ao qual os turistas têm acesso. Os passeios de barco recorrem todo o entorno da Ilha e desbravam ainda mais belezas ocultas por lá.

Entre os “tesouros” ocultos da Ilha do Farol, destacamos uma figueira com mais de 600 anos preservada até hoje, a qual consta nas cartas de Américo Vespúcio. Há também um farol desativado construído em 1836, cujas ruínas estão abertas à visitação através de trilhas organizadas semanalmente pelo Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM).

Como chegar à Praia do Farol?

A única forma de chegar à Praia do Farol é por barco, uma vez que ela está numa ilha (a Ilha do Farol). Este barco sai do cais da Praia dos Anjos, em Arraial do Cabo. O transporte simples até a Praia custa em média 15 reais por pessoa para cada trajeto (ida e volta) e demora por volta de 10 minutos. Entretanto, também são oferecidos pelos barqueiros trajetos mais completos, passando por outras praias e pontos de interesse, podendo chegar a 60 reais por pessoa o passeio de 4 horas.

Arraial do Cabo está na Região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro, da qual também fazem parte as cidades de Búzios, Cabo Frio, Araruama, Saquarema, São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande.

Para chegar até Arraial do Cabo, caso não esteja de carro, é possível tomar um ônibus direto para a cidade partindo do Aeroporto ou da Rodoviária Novo Rio, com um custo médio de 70 reais por trajeto.

Indo de carro, o viajante deve passar a Ponte Rio-Niterói, acessar a BR 101 para então chegar à Via Lagos (RJ-124). Ambas são ótimas estradas, porém a Via Lagos é privatizada, o que gera ao motorista um custo adicional de pedágio (R$12 de segunda a sexta e R$20 aos finais de semana).

Independentemente se de carro ou de ônibus, os problemas com o trânsito são comuns nessa região, principalmente aos finais de semana (mais ainda nos ensolarados). Normalmente, o trajeto dura 2h30, mas nos dias mais pesados pode chegar a até 7h de duração. Portanto, planeje-se muito bem para sair cedo ou fugir dos dias de trânsito mais carregados.

Por incrível que pareça, também existe um pequeno aeroporto em Cabo Frio (CFB), que pode ser uma alternativa para os viajantes menos preocupados com dinheiro. Este é um local comum de voos fretados e particulares, sendo os voos comerciais escassos e muito caros.

Melhores Épocas Para Visitar

Todo mundo sabe que o Rio de Janeiro é um local abençoado também no que diz respeito ao tempo, e que a maior parte do ano o sol está brilhando, a temperatura agradável e as chuvas nunca predominantes. Entretanto, podemos dizer que as melhores estações para se visitar a região de Arraial do Cabo seja na Primavera e no Outono, por serem épocas de temperatura mais amena, com menos chuva e menos nuvens que no verão.

Outro ponto importantíssimo é fugir das férias, feriados, datas festivas e até mesmo, se possível, dos finais de semana. O trajeto até a Região dos Lagos é conhecido por ser um ponto de muito congestionamento nas datas mais movimentadas.

Temperatura da Água

A água em toda a região de Arraial do Cabo é muito fria! Isso geralmente não é um problema, já que o calor também é muito forte e as águas geladas são tudo o que o turista mais deseja quando está debaixo do sol. Entretanto, as águas geladas da Praia do Farol guardam mais curiosidades do que imaginamos!

Essa temperatura baixa se dá em grande parte pelo fenômeno que mencionamos antes, chamado ressurgência. A ressurgência é quando, por algum motivo, as águas mais frias e profundas do oceano são levadas pra parte mais superficial, trazendo consigo não somente as baixas temperaturas, mas também, e muito mais importante, trazendo consigo muita diversidade de seres vivos! Portanto, antes de reclamar do frio da água, lembre-se que é por isso que essa região é tão cheia de peixes e animais marinhos.

Os Passeios de Barco

Ao tomar o barco para a Praia do Farol, o viajante já tem a opção de fechar um passeio completo por mais praias e atrativos da região. Vejamos alguns principais pontos visitados por estes barcos.

Praia do Forno: Com aproximadamente 500 metros de extensão, a Praia do Forno é outra belíssima praia que atrai muitos turistas para a Região dos Lagos. Devido à falta de locais comerciais na Praia do Farol por seu tempo máximo de permanência, os bares e restaurantes da Praia do Forno podem ser uma ótima opção para quem quer comer ou beber disfrutando de sossego e tranquilidade.

Prainhas do Pontal do Atalaia: São duas praias lindas, localizadas no Morro do Pontal do Atalaia. Quando a maré está mais baixa, ambas as praias se unem numa só, com a mesma faixa de areia. Sempre calma e muito transparente, as águas das Prainhas do Pontal do Atalaia são ainda conhecidas por serem as menos frias da região, oferecendo ao banhista mais sensível às baixas temperaturas um banho de mar mais prazeroso. Estas praias também são bastante desertas e sem muita estrutura de bares ou restaurantes, assim que é melhor ir alimentado ou preparado com comidas e bebidas (e um saquinho pra levar o lixo embora da praia, sempre!).

Gruta Azul: Uma joia perdida no meio da costa da Ilha do Farol. Passando por uma entrada bastante estreita, o turista dá de cara com um salão de 15 metros de altura. Neste salão, a depender da forma como o sol reflete na água e bate nas pedras, podemos ver diferentes tonalidades de dourado, azul e prateado. É realmente um espetáculo apreciar a luminosidade deste local e gera fotografias incríveis! Neste passeio, o viajante também pode realizar uma sessão de mergulho imperdível!

Natureza e Mergulhos

E por falar em mergulho… a Ilha do Farol é um verdadeiro paraíso para mergulhadores! E o melhor é que a maioria dos locais de mergulho são de baixa profundidade, variando de 2 a 18 metros e oferecendo assim um nível fácil para o mergulhador iniciante ou de primeira viagem. Além do que, como já falamos anteriormente, a Ilha do Farol é um dos lugares mais controlados e preservados do Brasil inteiro, tornando sua biodiversidade marinha muito especial e um espetáculo à parte quando vista de perto.

Todo esse cuidado e preservação existem porque a Ilha do Farol é um dos lugares mais propícios e férteis do mundo para a vida marinha. Isso devido àquele fenômeno que comentamos anteriormente: a ressurgência das águas. Além do mar, a biodiversidade também é muito vasta em terra, com muita Mata Atlântica nativa, e o viajante pode optar por realizar uma trilha até o Farol antigo que dá nome à Ilha (e à Praia). Na trilha, é possível ver mais de perto a riquíssima fauna e flora da região.

Bares e Restaurantes Por Perto

Especificamente na Praia e na Ilha do Farol, o viajante não encontrará nenhum local para comer ou beber, a não ser as próprias embarcações, que costumam oferecer algumas coisas cobradas à parte. Entretanto, Arraial do Cabo é um lugar repleto de ótimos bares e restaurantes. Também existem muitas opções de comida na rua para quem queira gastar menos, além de pizzas, lanches e self-services que estão por toda a cidade.

Entre os restaurantes mais famosos e bem-conceituados, temos:
Bacalhau do Tuga: Localizado na Praia dos Anjos, se trata de um local de aparência simples e rústica, que oferece, porém, uma gastronomia refinada de altíssima qualidade. Com peixes frescos pescados na região, é um dos mais tradicionais de Arraial do Cabo.

Saint Tropez: O bar, café e restaurante Saint Tropez é uma ótima opção para comer peixes e frutos do mar no geral, mas também para quem esteja passeando pela praia e resolva tomar um cafezinho. Num ambiente aconchegante e versátil, o turista encontra aqui uma opção de preços um pouco mais moderados do que os restaurantes mais tradicionais.

Restaurante Garrafa de Nansen: Para quem quer uma opção mais farta e popular, ainda que sem perder o charme e sofisticação de Arraial do Cabo, esta é uma boa pedida. O Restaurante Garrafa de Nansen não oferece o serviço nem os pratos mais refinados da praia, porém tem um ótimo custo-benefício e é um local bastante frequentado por famílias e grupos maiores de turistas.

Hotéis e Campings Por Perto

Como era de se esperar, a Praia do Farol não oferece a possibilidade de estadia para turistas. Os únicos autorizados a passar mais de 45 minutos na Ilha são os guardas do Exército e os pesquisadores e cientistas que trabalham no local, seja com investigações de biologia marinha, seja com análises historiográficas e arqueológicas no sítio de preservação onde se encontra a figueira quase milenar da Ilha do Farol.

Portanto, o ponto mais próximo de hospedagem para o turista que queira conhecer a Praia do Farol é a Praia dos Anjos, de onde sai o barco que vai até a Ilha. Na Praia dos Anjos, são muitas as opções de hospedagem. Listamos aqui algumas que se destacam:

Entre as opções de hotéis e pousadas, algumas opções são o Varandas ao Mar Hotel, com visual privilegiadíssimo e quartos de frente para a praia; a Pousada dos Anjos, que fica a 3 minutos andando da praia, oferece um ótimo custo-benefício levando em conta a sofisticação e conforto das acomodações; também a Pousada Caminho do Sol é uma opção muito conhecida e tradicional no local, bastante próxima à praia e com quartos muito lindos e aconchegantes.

Mas o forte mesmo da Praia dos Anjos no quesito hospedagem são os Hostels. Isso porque o turista poderá encontrar dezenas deles, todos oferecendo uma ótima qualidade de hospedagem, serviço e acomodações geralmente satisfatórias. Os destaques ficam com o Books Rehab Hostel, cujo conceito é de descanso e relaxamento terapêutico e comunitário. Muito próximo à praia, o Books Rehab tem 2 casas que recebem viajantes todo o tempo; outro hostel famoso e com boa reputação é o La Casa Hostel. Apesar de não estar de frente à praia, em menos de 5 minutos caminhando o turista chega à areia; por último, vale mencionar o Malai Beach House por seu ótimo serviço e sua proximidade ao mar, estando na mesma quadra da praia.

Reveja

  • Beleza
    (5)
  • Limpeza
    (5)
  • Localização
    (3)
4.3

Resumo

Paraíso perdido do litoral carioca, a Praia do Farol é um local de beleza tão descomunal que os visitantes podem permanecer por, no máximo, 45 minutos na Praia. Um dos lugares mais lindos, preservados e biodiversos do mundo!

Pros

  • Uma das praias mais lindas, limpas e bem preservadas do Brasil e do mundo;
  • Muitos passeios próximos para se realizar na Ilha do Farol e nas imediações;
  • Lugar de valor histórico e científico: além da vasta biodiversidade, é também um sítio arqueológico

Cons

  • Dependendo do dia, o trânsito para a Região dos Lagos do Rio de Janeiro pode fazer com que a viagem dure até três vezes mais do que o normal;
  • Tempo de permanência máximo na praia de 45 minutos e lotação máxima de 250 pessoas;
  • Não há bares nem restaurantes na praia e a única forma de acessá-la é por barco
Sending
User Review
3 (1 vote)
Comments Rating 0 (0 reviews)

Avaliação

(4.3)

Mapa

Previsão do tempo

Arraial do Cabo
23°
Partly Cloudy
05:1117:54 -03
Feels like: 23°C
Wind: 27km/h SW
Humidity: 66%
Pressure: 1014.1mbar
UV index: 8
SunMonTue
23/21°C
23/21°C
23/22°C

Etiquetas

Últimas postagens