Fernando de Noronha é simplesmente uma das praias mais belas, bem preservadas e exclusivas praias do Brasil, sendo infelizmente também uma das mais caras. Devido ao seu limite de mil visitantes por dia, uma taxa de preservação bastante salgada e a longa distância do continente, viajar para Noronha exige mais dinheiro do que o normal, mas não há dúvidas de que vale muito a pena!

Mas não se engane: mesmo que você não esteja nadando em dinheiro, você deveria considerar essa ilha como um dos seus próximos destinos. Apesar de receber a visita de muitos ricos e famosos, o maior luxo dessa ilha com certeza sempre ficará por conta da natureza, e ela está disponível para todos os bolsos.

Seja gastando muito ou pouco, veja nesse post todas as dicas para aproveitar o máximo de Fernando de Noronha.

Hotéis próximos

Cinco motivos para você conhecer Fernando de Noronha

  • O local não é somente uma ilha, mas sim um arquipélago composto por 21 ilhas, com 26km² de área;
  • É considerado um Patrimônio Natural Mundial pela UNESCO devido à sua importância para a vida marinha: Noronha tem a maior concentração de aves tropicais de todo o Oceano Atlântico, além de ser berçário natural de centenas de espécies marinhas de todos os tipos;
  • Considerado o melhor local para mergulho do Brasil e um dos melhores em todo o mundo, com uma visibilidade de até 50 metros de alcance embaixo da água;
  • O limite de turistas diários e controle total de quem vive na Ilha faz com que Fernando de Noronha seja uma cidade praticamente sem
    problemas sociais e com uma ótima infraestrutura;
  • Apesar das taxas de preservação e de ingresso para o parque ecológico, Fernando de Noronha pode ser visitada com um orçamento mais baixo caso você aproveite promoções de passagens aéreas e se hospede em hotéis ou pousadas de menor custo.

Como chegar em Fernando de Noronha

A única forma disponível no mercado para se chegar a Fernando de Noronha é por via aérea, com voos saindo somente de Recife (vários voos diários) e de Natal (com apenas 2 voos por semana). Os turistas cujo ponto de partida seja outro, terão que realizar escala nesses aeroportos. Uma vez havendo pousada na ilha, você deverá pagar a Taxa de Proteção Ambiental cobrada pelo governo e obrigatória a  todo visitante. O valor varia de acordo com o número de dias que você permanecerá na ilha, começando em R$73,52 por dia e tendo descontos progressivos até o 11º dia de estadia. Depois disso, os preços começam a aumentar progressivamente, chegando a mais de R$5.000 o valor para uma estadia de 30 dias. Além disso, também é necessário adquirir um ingresso para visitar as áreas dentro do parque nacional marinho de Fernando de Noronha, onde estão boa parte das principais atrações de Noronha. Essa taxa é de R$106 para brasileiros e R$212 para estrangeiros, sendo válida por 10 dias. Tanto o ingresso quanto a Taxa de Proteção Ambiental podem ser pagos previamente pela internet. Mas atenção no caso da Taxa, pois o pagamento pode ser feito apenas por boleto, que demora geralmente uns três dias para ser processado. Livre das taxas, a pedida é sair do aeroporto e pegar um táxi direto pro hotel, e depois sair correndo para a praia mais próxima.  Assim, você aproveita o máximo do tempo já pré-estabelecido que você poderá permanecer nesse paraíso.

Quando ir a Noronha?

Por se tratar de um verdadeiro paraíso em meio ao Oceano Atlântico, todos os 365 dias do ano têm todo o potencial do mundo para proporcionar ao turista uma viagem incrível e visuais maravilhosos. De qualquer forma, sempre dá para ser melhor se estamos buscando um clima ou uma atividade específica. Pensando no clima, tem só uma coisa mais importante que você precisa saber: de agosto a fevereiro, a ilha tem sua época seca, quase sem chuvas e geralmente a preferida dos turistas. Já de março a julho, é quando ocorre a época de chuvas, com precipitações quase diárias – ainda que a maior parte do tempo nesses dias o clima esteja aberto. Já se estamos falando de surf, o melhor período é de dezembro a março. Agosto e setembro são os melhores meses para curtir a praia, com pouquíssimas ondas e sem chuva. Para quem vem em busca de festas e baladas, certamente a época de final de ano, incluindo o badaladíssimo Réveillon de Noronha, é a melhor.

Para quem curte mergulho, simplesmente tanto faz: Noronha é show demais o ano inteiro!

O que fazer em Fernando de Noronha?

Praia da Conceição

Essa praia é a mais queridinha e popular de Noronha. É aqui onde as pessoas se encontram para passar a tarde, curtir o sol, além de estar bastante próxima à Vila dos Remédios, local com comércios e infraestrutura. Conta com um bar chamado Duda Rei bastante legal, mar calmo e aluguel de guarda-sóis e cadeiras por um preço razoável considerando que estamos em Fernando de Noronha.

Praia do Cachorro

Esta pequena prainha, além de muito charmosa e aconchegante, é a mais próxima da Vila dos Remédios, sendo bastante frequentada por quem se hospeda ou vive na região. Lá é um ótimo lugar para passar um dia, principalmente se você estiver em família, já que tem barracas de comida e bebida que são simples, porém bastante completas. Mas atenção: essa praia só é um ponto de turismo quando a maré está baixa, já que quando a maré está alta a areia fica tomada por pedras e ondas bastante fortes batendo em cima delas.

Praia do Meio

Fica “no meio” das praias do Cachorro e da Conceição. Ela é uma praia bastante grande, e vazia na maior parte da sua extensão. No canto esquerdo da praia fica um bar bastante chique e badalado, muito frequentado por artistas e celebridades já que é um dos mais caros da região.

Praia do Sancho

Toda a Baía do Sancho é de uma beleza esplendorosa e radiante, e ainda oferece a possibilidade de ser contemplada do alto, a partir do Mirante do Sancho. Este é, sem dúvidas, o lugar ideal e mais procurado para tirar a foto perfeita de Fernando de Noronha. É altamente recomendável que você não deixe de descer à praia e, se possível, faça snorkel ou mergulhe um pouquinho entre os peixes, para sentir assim a energia superpositiva da vida marinha que circunda toda a ilha.

Praia do Atalaia

Esta praia é para lá de especial! Nela, podem entrar somente 96 pessoas por dia para mergulhar por, no máximo, 30 minutos. Para se chegar lá, somente com hora marcada e utilizando uma trilha de 45 minutos. São 6 grupos por dia, com 16 participantes em cada grupo. Como você pode imaginar, a concorrência é bastante grande, assim que vale a pena ligar e reservar já caso você esteja planejando ir para a ilha.

Mergulho com Tartarugas

Na Praia do Sudeste, você pode nadar junto com tartarugas marinhas. Existem mergulhadores que prestam serviço de guias disponíveis no PIC Sancho, mesmo local do mirante. Lá você pode entrar em contato para uma excursão profissional, porém caso queira tentar a sorte, basta ir até o canto direito da praia e ver se consegue informações de alguém por lá mesmo que possa te guiar nessa aventura.

Praia da Cacimba do Padre

Esta é uma importante praia de Fernando de Noronha por diversos motivos: em épocas de ondas altas, é a principal sede dos campeonatos de surfe e fica repleta de turistas e locais praticando o esporte; tem uma vista privilegiada para duas grande e conhecidíssimas pedras, chamadas Dois Irmãos; é passagem obrigatória para quem vai à Baía dos Porcos, já que a trilha para lá começa nessa praia; além de ser uma praia incrível para se mergulhar e fazer snorkel – também mais acessível que a Baía dos Porcos.

Baía dos Porcos

Esta maravilha natural está localizada dentro do território do parque nacional marinho, portanto requer que você compra o ingresso. Para chegar até essa praia, o caminho é mais difícil, sendo necessário utilizar uma trilha a partir da Cacimba do Padre. A Baía dos Porcos é um dos melhores lugares do mundo para se fazer snorkel e mergulho de superfície, isso porque tem águas completamente transparentes e uma vida marinha riquíssima.

Praia do Boldró

É bastante parecida com a Praia da Conceição por ser um acidente geográfico parecido e do lado oposto dela. Mas com alguns diferenciais: é mais tranquila e menos badalada que a praia da Conceição, tem menos infraestrutura, porém uma piscina natural que compensa a falta de serviços de comida e bebida.

Pôr do Sol no Forte do Boldró

Esse forte desabilitado de cujo qual só restaram as ruínas é o melhor local para se assistir ao espetáculo do Pôr do Sol de Fernando de Noronha. Com os Dois Irmãos compondo o cenário, parece muito que o local foi desenhado pela natureza especialmente para servir como ponto de contemplação do sol se pondo. Apenas cuidado com algo: a Vila do Boldró não dá acesso ao forte. Você precisa caminhar até lá a partir da Vila da Basinha.

Palestras do Projeto TAMAR

Para quem não conhece, o Projeto TAMAR é um dos mais bem-sucedidos programas de conservação marinha de todo o mundo. Pesquisadores e professores vinculados ao projeto dão palestras diariamente no ICMBio. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, por sua vez, é um órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente e está encarregado de realizar a manutenção e aplicação das medidas de preservação ambiental em Noronha. O local fica na Vila Boldró e as palestras são à noite. Não deixe de ir caso esteja por lá nesse horário.

Onde se hospedar em Fernando de Noronha?

Antes de se perguntar qual o melhor hotel para ficar, você precisa decidir em qual parte da Ilha passará os seus dias lá. Como Noronha é bastante grande, dependendo do seu orçamento, número de dias e passeios que queira fazer, até vale a pena combinar diferentes locais de estadia para aproveitar melhor seu tempo.

Veja abaixo algumas recomendações de acordo com os principais locais:

A Tia Zete oferece a pousada de melhor custo-benefício da Vila dos Remédios e um dos melhores de toda a ilha, com opções de quartos individuais ou compartilhados. Essa região está repleta de hospedagens de todos os tipos, desde as mais luxuosas até as mais baratinhas.

A Pousada Maria Bonita é uma das mais faladas da Vila Floresta Nova, e é recomendável para quem busca conforto e não quer abrir mão de nada que costuma ter em casa. Nessa mesma vila, você também encontra opções mais sofisticadas de frente para a praia.

Na Vila Floresta Velha, a Pousada Solar de Loronha é uma das mais luxuosas e tradicionais da Ilha. Esta região da Ilha é onde mais se concentram hospedagens de luxo, ainda que seja um lugar com menos construções, o que dá ainda mais exclusividade para quem fica por lá.

A Vila do Trinta é outro polo de concentração de hotéis e pousadas. O Colina Pousada Spa é uma das conceituadíssimas hospedagens sofisticadas que estão situadas muito perto da Vila do Trinta, em outro local badalado que é a Colina.

Bares e Restaurantes por perto

A Ilha está repleta de opções ultra requintadas e luxuosas, com o melhor da alta gastronomia de todas as regiões do mundo. Entretanto, como é de se esperar, os preços são mais salgados que o habitual, como tudo em Fernando de Noronha. Aí vão alguns dos mais bem avaliados locais do arquipélago:
Situado na Vila dos Remédios, o Restaurante do Vale é uma deliciosa e sofisticada opção que oferece pratos bem servidos e um ótimo custo-benefício. Sua especialidade é em frutos do mar e cozinha brasileira, mas conta também com opções veganas e vegetarianas.

Uma opção muito mais exclusiva e luxuosa, ainda que num estilo rústico, é o Mesa da Ana, na Vila do Trinta. Com um trato bastante intimista, os preços altos compensam o prazer de uma experiência gastronômica única.

O Xica da Silva é uma ótima opção para um jantar em família, com um ótimo atendimento, comida brasileira caprichada e aquele toque de comida caseira que não tem quem não goste. Fica na Vila Floresta Nova.

Outras dicas valiosas

  • Para se locomover em Fernando de Noronha, o melhor é utilizar táxis. Porém, essa é também a opção mais cara, e andar pela cidade de ônibus ou a pé pode ser menos difícil do que você imagina. Portanto, caso esteja procurando economizar, informe-se sempre sobre as opções disponíveis de ônibus.
  • Outra dica para gastar menos é ir em períodos de baixa temporada, o que se resume no intervalo de abril a junho ou entre outubro e comecinho de dezembro.
  • Fique de olho na taxa ambiental: crianças de até 4 anos não pagam e existem algumas condições especiais que também incorrem na isenção.

Reveja

  • Beleza
    (5)
  • Limpeza
    (5)
  • Localização
    (2)
4

Resumo

Noronha é Patrimônio Natural da UNESCO, além de ser o lugar de maior concentração de aves marinhas do Oceano Atlântico.  Tem 26Km² de área num arquipélago composto por 21 ilhas, todas elas berçários naturais com uma das maiores concentrações de biodiversidade marinha do mundo e sendo assim um dos melhores lugares do planeta para se mergulhar.

Pros

  • O maior antro de biodiversidade marinha e exuberância natural existente no Brasil;
  • 26Km² de área com dezenas de passeios e centenas de pontos de interesse;
  • Área muito limpa e preservada, com severas restrições de visitação e moradia.

Cons

  • Destino muito caro em relação à passagem, estadia e serviços, sem contar a taxa de preservação ambiental que deve ser paga e o ingresso para o parque de preservação marinha.
Sending
User Review
0 (0 votes)
Comments Rating 0 (0 reviews)

Avaliação

(4)

Mapa

Previsão do tempo

Fernando De Noronha Airport
30°
Partly Cloudy
04:4517:02 -03
Feels like: 34°C
Wind: 25km/h SE
Humidity: 68%
Pressure: 1012.1mbar
UV index: 11
ThuFriSat
29/26°C
28/26°C
28/26°C

Etiquetas

Compartilhe esta página

Últimas postagens

Sites relacionados