Os 573 km da costa do Ceará oferece inúmeras praias paradisíacas com suas correntes de dunas e falésias coloridas. Entre tantos pontos lindos, que atraem grandes grupos de turistas, a praia que foi nomeada a mais bela do litoral cearense no portal O Povo Online foi a Praia de Ponta Grossa.
Ponta Grossa se localiza no município de Icapuí, no extremo leste do estado do Ceará, onde dizem que o sol nasce primeiro no estado. A praia de Ponta Grossa fica cerca de 2 horas e meia de Fortaleza e mais ou menos 50 km de Canoa Quebrada em Aracati. O acesso é relativamente fácil, mas a infraestrutura no local é básica.
Como muitas das praias no litoral pitoresco do Ceará, o jeito mais popular em conhecer a praia são os passeios de bate-volta. A praia de Ponta Grossa com suas dunas e falésias coloridas que chegam até o mar, piscinas naturais e contraste de cores tem muito para ser explorado em apenas um dia. É recomendável se hospedar por perto para poder conhecer tudo que essa praia linda tem para oferecer, com calma.

História do local

Historiadores dizem que o espanhol Vicente Pinzón chegou a Ponta Grossa e deu o nome de Cabo de Santa Maria de la Consolasción ao local 2 meses antes de Cabral chegar a Porto Seguro e descobrir o Brasil. A viagem de Pinzón não foi uma viagem oficial, então a sua descoberta não foi reconhecida.

A vila de Ponta Grossa é formada por uma comunidade de descendentes de colonizadores holandeses que hoje formam um vilarejo de pescadores. A comunidade é pequena e um pouco isolada e a vida dos moradores é simples e mais tradicional.

A comunidade de mais ou menos 74 famílias se sustenta principalmente da pesca e do turismo. O turismo é organizado pela própria comunidade que faz parte da Rede Tucum (Turismo Comunitário) do Ceará. A especialidade da região é frutos do mar e Icapuí é famoso pelas lagostas.

Descrição Física

As falésias e formações rochosas que cercam a praia de Ponta Grossa são de vários tons de branco, amarelo e vermelho. Algumas delas brotam de dentro do mar, criando piscinas naturais quando a maré está baixa. Os formatos de algumas das falésias lembram de certas imagens e os moradores do vilarejo gostam de dar nomes interessantes à essas formações.

As dunas amarelas atrás e entre as falésias são, em parte, cobertas por vegetação de restinga e fazem parte da Área de Proteção Ambiental (como todas as dunas no Brasil). A duna de Ponta Grossa pode ser avistada da praia de Canoa Quebrada à mais ou menos 50 km de distância.

O vermelho, branco, amarelo e laranja das falésias e dunas, o verde da vegetação de restinga e o azul do mar criam um contraste de cores vibrantes e uma paisagem que só fica mais linda no pôr do sol.

A temperatura da água em Ponta Grossa fica quente quase o ano todo com uma média de 28oC. Nos meses de Agosto e Setembro os ventos costumam ficar mais fortes, criando condições excelentes para a prática de esportes aquáticos como o windsurf e o kitesurf.

A infraestrutura de Ponta Negra é muito simples com muitas ruas ainda sem asfalto. O pequeno vilarejo, onde moram cerca de 74 famílias, é composto por casinhas mais tradicionais contrastando com as casas modernas de veraneio.

Na praia são somente duas barracas oferecendo bebidas e petiscos. Mas mesmo assim, é o suficiente para você poder passar o dia na praia sem abrir mão do seu conforto e sem precisar levar sua própria comida.

O que fazer

Ponta Grossa pode ser um lugar pequeno com pouca infraestrutura, mas não faltam atividades para aproveitar suas férias e encher os seus dias nessa praia linda.

Passeios pela natureza.

Para quem gosta de natureza e fazer caminhada, a Trilha da Duna dar a volta da falésia e pode ser feita em apenas uma hora. Essa trilha é ideal para ver de perto a flora e fauna de restinga, típicas de locais de praias e dunas.

Para ter um visual da praia por outra perspectiva e fazer uma passeio divertido, você pode fazer um passeio de jangada. Jangadas são os barcos tradicionais do Ceará usados para pescar.

Andar nesses barcos tradicionais movidos a vela e conversar com os jangadeiros é muito interessante. Se estiver em Ponta Grossa entre os meses de julho e dezembro, você pode também ver a pesca das lagostas, feitas com gaiolas chamadas de manzuás.

Passeios para conhecer melhor a vila.

Há um passeio de buggy em Ponta Grossa que começa na vila e segue para o leste. O seu trajeto passa pelo manguezal e pelos projeto comunitários da vila. Você pode conhecer de perto projetos os projetos sustentáveis da região.

Há um projeto onde as mulheres do local plantam algas marinhas para usar na produção de cosméticos. A criação de abelhas e a horta comunitária, entre outros, também fazem parte desses projetos sustentáveis.

Na vila há um pequeno museu arqueologico com objetos indígenos e objetos de porcelana holandesa trazida pelos colonizadores na sua chegada ao Brazil. O museu é interessante para quem gosta de história e quer conhecer um pouco mais sobre o lugar e a origem de Ponta Grossa.

Como Chegar

Ponta Grossa fica à mais ou menos 200 km de Fortaleza e leva cerca de 2 horas e meia de carro. Canoa Quebrada fica à 50 km de Ponta Grossa e é mais um ponto de partida de grupos de turistas.

De carro

Saindo de Fortaleza de carro, você pode pegar a BR-116 até Pedras. Lá você pega a CE-040 até Aracati. Depois segue a BR-304 por 30 km antes de pegar a CE-261 e de lá pegar a Estrada Ponta Grossa até chegar à seu destino.

De buggy

Canoa Quebrada é um ponto de partida para vários passeios de buggy. A praia de Ponta Grossa é o ponto final desses passeios antes de voltar para Canoa Quebrada. Às vezes os passeios de bate-volta pela praia tem tempo muito limitado por causa da maré. Os passeios são feitos no horário que a maré está baixa e é preciso voltar antes dela subir e fechar o caminho.

De ônibus

Para chegar em Ponta Grossa saindo de Fortaleza é preciso pegar um ônibus para Aracati e de lá pegar outro ônibus para Ponta Grossa em Icapuí.
A empresa São Benedito oferece ônibus para Aracati saindo da Rodoviária João Tomé em Fortaleza. A viagem leva mais ou menos 3 horas e custa em média de R$15,00 (esse valor é uma média e é preciso confirmar o valor com a própria empresa na hora de comprar a passagem).

Chegando em Aracati você pode descer ou na Praça Matriz ou na Rodoviária e pegar um táxi até a Praça da Comunicação. Aqui você vai achar ônibus da empresa Viação Icapuí para Ponta Grossa. A passagem custa em média de R$6,00. (Esse valor é apenas uma média e pode mudar. É preciso confirmar o valor da passagem com a própria empresa.)

Chegando em Ponta Grossa pode descer na Barraca Macura.

O trajeto entre Aracati e Ponta Grossa dura mais ou menos 1 hora e 40 minutos, dependendo do trânsito e as condições da estrada em Icapuí. Esse tempo é uma média e a viagem pode ser mais rápida se o trânsito e as condições da estradas forem boas.

Combinar o transporte com a Comunidade de Ponta Grossa

Você pode também pegar um táxi de Aracati até Ponta Grossa ou combinar o transporte diretamente com a comunidade de Ponta Grossa.

O turismo em Ponta Grossa é organizado pelos próprios moradores e a vila faz parte da Rede Tucum (Turismo Comunitário). O jeito mais fácil, se você for se hospedar em Ponta Grossa, é entrar em contato com os seus anfitriões e pedir mais informações. Eles poderão ajudar a organizar um transporte dependendo das suas necessidades (como horário, por exemplo.)

Onde Se Hospedar

O vilarejo de Ponta Grossa é muito famoso, mas também muito pequeno e com pouca infraestrutura. Existem algumas pousadas no vilarejo, mas a opção não é muito grande. Isso pode ser um dos motivos para a maioria dos turistas escolherem os passeios de bate-volta.

Por ter poucas pousadas e ser um lugar muito procurado no verão, durante a alta temporada precisa fechar a sua hospedagem com bastante antecedência. Outra vantagem de procurar hospedagem com antecedência é que você irá encontrar mais opções. Por exemplo, pode procurar um quarto que tenha uma vista do seu agrado, ou escolher uma pousada com piscina.
Algumas coisas que sempre vale a pena verificar antes de fechar a sua hospedagem em algum lugar são:
● Se tem ar condicionado no quarto (Algumas pousadas oferecem somente ventilador. Isso pode ser o suficiente para você e depende das suas preferências.)
● Se tem estacionamento particular na propriedade (se estiver viajando de carro),
● Se tem wifi grátis na pousada,
● Se tem acesso à piscina
● E se eles oferecem algum tipo de passeio ou auxílio na organização de passeios.

Além de pousadas você pode encontrar chalés. Alguns chalés são equipados com cozinha completa ou só geladeira. Há também chalés e pousadas com varanda onde você pode colocar uma rede e ter uma vista linda do mar das falésias e dunas.

Onde Comer e Beber

Na praia há somente duas barracas oferecendo bebidas e petiscos. Mesmo assim, elas oferecem o suficiente para você poder passar um dia relaxante na praia sem abrir mão do seu conforto. Na vila você encontra algumas lanchonetes, restaurantes e barracas. As opções podem ser relativamente limitadas, mas a comida em Ponta Grossa é muito boa.

A pesca é a atividade principal que sustenta a maioria das famílias de Ponta Grossa e os pratos principais são à base de frutos do mar. Ponta Grossa é particularmente famosa pelas lagostas mais deliciosas da região e vale muito a pena provar as especialidades da vila baseadas na lagosta.

Durante a alta temporada, como no verão e feriados, os preços podem ser um pouco mais altos por causa da alta demanda. Se você visitar Ponta Grossa fora da alta temporada poderá encontrar preços mais baixos.